HANDMADE WITH LOVE.


BEM-VINDO AO NOSSO BLOG!
REGISTRANDO UMA SELEÇÃO DE RAZÕES PARA MUITA CORUJICE!!!

Museu para crianças, sim senhor!


Nessas férias de julho nós fomos conhecer o Catavento – Espaço Cultural da Criança, um museu de ciências mantido pelo governo do Estado de São Paulo. O museu foi montado para ser um espaço interativo e, vou te contar, cumpre bem o que promete! Ele é recheado de atividades interativas, e é quase impossível não gastar um dia inteiro com a visita. A recomendação é para crianças a partir de 7 anos, mas a Luísa tem 5 e amou o passeio, e eu também! Acho que tem espaço para agradar a todas as idades. Deu vontade de voltar logo, para participar de mais atividades, porque infelizmente não dá para participar de tudo em um único dia...

O museu possui espaços de visitação e atividade livre, mas também possui algumas atrações com hora marcada. As atividades com hora marcada são as mais bacanas, e é necessário pegar uma senha para participar. Essa é a maior desvantagem do museu... Porque as senhas são liberadas duas vezes por dia (as 09h00 e as 12h00), e é necessário enfrentar uma fila bem chatinha... Sem contar a fila para comprar o ingresso! Além disso, só é permitido 2 senhas por pessoa, e pegar a fila não é garantia que você vai conseguir participar das atividades que vocês quer, pois as vagas vão sendo preenchidas e corre-se o risco de não ter mais horário vago quando chegar na sua vez... Nós pegamos a fila das 12h00, mas tinha gente que já tinha pego a fila das 09h00, participado das atividades, e já estava na fila de volta! E demos sorte, pois conseguimos participar de duas atividades que queríamos!! Daí a vontade de voltar novamente, para tentar participar das outras...
Nós fomos com a intenção de conhecer o Borboletário (uma das atividades com hora marcada), que foi inaugurado recentemente, e o cartaz de divulgação era super atrativo. Mas, por sorte, durante os 30-40 minutos de fila, aguardando a liberação dos ingressos, ouvi uma conversa alheia em que uma mãe (mais experiente, rs) comentava que não era uma atividade tão bacana, porque (ainda?) são muito poucas borboletas, e quase não se vê. E ela também comentava sobre as atividades que ela e os filhos já tinham participado, e quais eles gostaram mais, enfim... fomos "na onda", e acho que acertamos!! Mas como o espaço do Borboletário é uma estufa de telinha, dá para ver por fora, então, enquanto tomávamos um lanche ficamos rodeando o Borboletário, e espiando alguma(s) borboleta(s). Ou seja, dá para ver o Borboletário, sem precisar entrar nele (e gastar uma senha). Ótimo, assim!
Luísa em frente ao Borboletário.

O museus é dividido em 4 Seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), e se você der uma olhada no site do Catavento, nesse link AQUI, você vai conseguir conhecer mais detalhadamente cada uma delas. Na minha opinião, a seção Engenho é a que possui mais atividades livres interessantes para crianças. 
Parte da Seção Engenho
Das atividades com hora marcada, as melhores para crianças menores são Viagem ao Fundo do Mar e Aventura no Sistema Solar. São também as mais concorridas, e mais difíceis de conseguir senha. Mas o Laboratório de Química também foi muito divertido! Ouvi dizer que o Se Liga no Lego é um pouco decepcionante, para quem acha que a atividade envolve brincadeiras com Legos gigantes (é que vendo a foto de divulgação da entrada, dá essa impressão...).

Enfim, é um passeio de sucesso garantido com as crianças! É só ir munido de paciência para enfrentar as filas (as crianças sofrem um pouco isso também, confesso), e chegar cedo (de preferência, pelo menos uma hora antes da liberação das senhas). Mas uma vez que se está lá dentro, é diversão garantida! E é uma ótima maneira de introduzir as crianças à visitação de museus.


Um comentário:

Regina Miranda disse...

Adorei a matéria!!! Com certeza vou querer visitar!!!!

Postar um comentário